Empréstimo

Empréstimo para negativado autônomo: confira 8 opções!

Se você não possui um emprego com registro formal e procura empréstimo para negativado autônomo, talvez seja um desafio encontrar essa linha de crédito.

Sendo assim, a oferta de empréstimos para autônomos nessas condições é limitada, sendo disponível apenas em algumas empresas.

Dessa forma, se você é autônomo e está procurando obter um empréstimo mesmo com restrições no nome, é importante entender como esse tipo de crédito funciona.

Continue lendo para saber como conseguir um empréstimo nessa situação específica.

Bancos que fazer empréstimos para negativado autônomo

Se você está em busca de alternativas de empréstimo nessa situação, aqui reunimos algumas instituições que podem ser adequadas para você.

Para obter um empréstimo para negativado autônomo, é importante seguir as sugestões de empresas que atendem a esse perfil de cliente. Portanto, apenas algumas instituições financeiras disponibilizam esse tipo de crédito.

Entendemos que encontrar empréstimos para quem está com o nome negativado pode ser desafiador, por isso selecionamos algumas opções que podem ser interessantes.

Analise as diferentes modalidades de empréstimo e identifique aquela que melhor atende às suas necessidades financeiras no momento e que se ajusta ao seu orçamento. Não deixe de conferir!

Banco do Brasil

No Banco do Brasil, você pode contar com a tranquilidade de obter um empréstimo mesmo se estiver com restrições de crédito, de forma fácil e conveniente.

Banco BV

A BV Financeira disponibiliza várias opções de empréstimos, incluindo para pessoas com histórico de dívidas pendentes. Isso inclui a possibilidade de antecipar o saque do FGTS e oferecer empréstimos que são aprovados mesmo para autônomos com nome sujo.

Bradesco

O Bradesco se dedica a proporcionar um procedimento claro, onde é simples obter um empréstimo para empresas, contribuindo para a facilidade no processo de contratação.

Santander

O Santander atua como uma empresa financeira especializada em empréstimos, buscando disponibilizar taxas de juros mais baixas ao oferecer empréstimos para trabalhadores autônomos.

Itaú

Através do empréstimo FGTS oferecido pelo Itaú, você pode contar com uma liberação de crédito mais rápida, tornando o processo de obtenção de empréstimo mais simples para esse grupo de pessoas.

Portanto, essa alternativa pode ser atrativa para quem procura um empréstimo pessoal, mesmo estando com restrições no nome e com uma pontuação de crédito baixa.

Digio

Com a Digio, você tem a garantia de segurança e a agilidade na liberação das parcelas do saque-aniversário do FGTS, além de poder contratar empréstimos mesmo se estiver com o nome negativado, de forma confiável.

SuperSim

A SuperSim disponibiliza empréstimos pessoais e empréstimos com o celular como garantia, permitindo que pessoas que trabalham por conta própria usem sua documentação pessoal para obter crédito.

Simplic

Através da Simplic, é possível obter empréstimos pessoais mesmo se você estiver com o nome negativado, e não é necessário apresentar evidências de emprego formal.

Simulador do empréstimo negativado para autônomo

No entanto, como você pode determinar o custo total do empréstimo desejado?

Para simplificar esse cálculo, você pode utilizar o simulador de empréstimo e obter uma compreensão precisa dos juros a serem pagos, de acordo com a taxa estipulada pela empresa.

O que é o empréstimo para autônomo negativado?

Mas afinal, o que significa um empréstimo para autônomos com restrição de crédito e como ele se diferencia de outras opções?

Esse é um tipo de empréstimo voltado para pessoas que não têm uma comprovação de renda regular, trabalham por conta própria e estão enfrentando dificuldades financeiras devido a estar negativado.

Para os autônomos, a renda mensal nem sempre é estável, e pode haver momentos de aperto financeiro, ou até mesmo a necessidade de investir mais no seu próprio negócio.

Além disso, autônomos têm desafios adicionais na hora de apresentar documentos que confirmem seus ganhos, o que pode afetar a avaliação de crédito.

É por isso que é crucial escolher cuidadosamente a instituição financeira ao solicitar um empréstimo nessas circunstâncias.

Sendo assim, é importante destacar que, mesmo ao solicitar um empréstimo com uma pontuação de crédito baixa, não deve haver exigência de pagamentos antecipados por parte da instituição financeira.

Como funciona o empréstimo para autônomo negativado?

O empréstimo destinado a autônomos com restrições de crédito segue um funcionamento semelhante aos outros tipos de empréstimo disponíveis no mercado. A principal diferença está na maneira pela qual é necessário comprovar a renda.

Quando se trata de empréstimos para MEI ou autônomos negativados, os bancos encaram um risco maior, uma vez que não há garantias tangíveis de segurança. Isso acaba se refletindo em uma grande variação nas taxas de juros, que podem se tornar excessivamente altas.

Diferentemente dos trabalhadores com registro CLT, que podem apresentar contracheques ou holerites como comprovação de renda mensal, os autônomos precisam se valer de suas movimentações bancárias.

Dessa forma, o histórico de crédito e a pontuação de crédito (score) do consumidor tornam-se fatores essenciais para demonstrar que se trata de um cliente confiável e que não tem um histórico de inadimplência em relação às suas dívidas.

Isso não significa, entretanto, que seja impossível obter um empréstimo para autônomos negativados, mas certamente existirão desvantagens em comparação aos produtos oferecidos a clientes com um histórico de crédito mais favorável.

Além disso, esses critérios podem resultar em limitações no valor do empréstimo concedido. As empresas podem até aprovar empréstimos pessoais para negativados, porém, com valores reduzidos e taxas de juros mais elevadas.

Como fazer a comprovação de renda sendo autônomo?

Para comprovar sua renda como autônomo, é preciso apresentar alguns documentos que serão requisitados pela empresa credora.

A exigência desses documentos pode variar de acordo com o tipo de crédito e a instituição financeira escolhida para solicitar o empréstimo destinado a autônomos com restrições de crédito.

Aqui estão os documentos geralmente solicitados:

  • Extrato bancário: Esse documento mostra a movimentação financeira da sua conta bancária e é uma forma crucial de comprovar sua renda como autônomo;
  • Declaração do Imposto de Renda: A declaração do IR é outra maneira de comprovar sua renda e demonstrar suas obrigações fiscais;
  • Documento oficial com foto: Um documento de identificação com foto, como RG, CNH, carteira do conselho, entre outros, é necessário para fins de verificação de identidade;
  • CPF: Seu Cadastro de Pessoa Física é um dado essencial em qualquer transação financeira;
  • Comprovante de residência: Um comprovante de residência atualizado é exigido para confirmar seu endereço.

Para determinados tipos de crédito que envolvem garantias, como empréstimos com garantia de imóvel ou veículo, podem ser necessários documentos adicionais, incluindo:

  • Comprovante de estado civil: Esse documento confirma o seu estado civil, como casado, solteiro, divorciado, etc;
  • Documentação de propriedade do imóvel: Para empréstimos com garantia de imóvel, você precisará apresentar documentos que comprovem a propriedade do imóvel em questão;
  • Documentação do veículo: No caso de empréstimos com garantia de veículo, é necessário fornecer documentos que atestem a propriedade do automóvel, seja ele um carro, moto ou caminhão.

Lembre-se de que a exigência de documentos pode variar de acordo com a política da empresa credora e o tipo de empréstimo que você está solicitando. Certifique-se de verificar com a instituição financeira quais documentos são necessários no seu caso específico.

Vale a pena solicitar empréstimo para negativado?

Num primeiro instante, considerar a ideia de buscar um empréstimo adicional para pagar uma dívida, mesmo que seja confiável, pode parecer um tanto incoerente e contraditório.

Afinal, parece contraproducente assumir mais uma dívida quando já se tem uma para quitar.

Entretanto, em determinados cenários, solicitar um novo empréstimo com o propósito de liquidar uma dívida pode ser uma escolha sensata. No entanto, é crucial tomar essa decisão com extrema cautela.

VEJA MAIS RELACIONADO:

Flávio Coelho

Meu nome é Flávio Coelho e ensino através do site Finanças Guiada tudo relacionado a negócios, cartão de crédito e finanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *