Instituição Financeira

Agente financeiro: O que é e como elas atuam?

No campo das finanças, há várias entidades e profissionais com diferentes responsabilidades. O agente financeiro é um dos elementos mais cruciais do sistema financeiro e pode estar envolvido em várias atividades e setores do mercado.

No entanto, as funções que as empresas e instituições financeiras desempenham variam significativamente dependendo do tipo de produto que oferecem aos seus clientes.

O que é um agente financeiro?

Um agente financeiro é um profissional ou empresa que realiza atividades financeiras no mercado, podendo também representar outra instituição financeira como garantidor, financiador ou endossante.

Dessa forma, pode-se entender que um agente financeiro é aquele que concede empréstimos, financiamentos e outras operações de crédito, seja como um banco ou empresa. Além disso, essa figura pode ser um profissional autônomo que atua como representante de uma empresa.

Tipos de agentes financeiros

O termo agente financeiro é geralmente usado para se referir a empresas financeiras, empresas de cobrança e crédito, fatorings, corretoras de valores e seguros, bem como instituições similares. No entanto, além desses, existem outros dois participantes comuns no mercado financeiro:

Agente de crédito

Um agente de crédito é responsável por avaliar as atividades e o endividamento de seus clientes, monitorando a liberação e aplicação de recursos, se necessário. Essa figura pode ser uma instituição financeira ou bancária que oferece modalidades de crédito, ou seja, recursos financeiros. As linhas de crédito são disponibilizadas aos clientes por meio de representantes conveniados ou correspondentes bancários.

Agente financiador

Um agente financiador pode ser representado por uma financeira, empresa de leasing ou banco. Diversas instituições podem atuar como agentes financiadores, incluindo:

  • Bancos Comerciais ou de Investimentos;
  • Sociedades de Crédito Imobiliário;
  • Associações de Poupança e Empréstimos;
  • Companhias hipotecárias e companhias de habitação (Cohabs);
  • Qualquer Instituição autorizadas pelo Banco Central (BACEN).

Assim, a presença de um agente financeiro ou de crédito é essencial em qualquer transação financeira.

Como um agente financeiro atua no Brasil?

No Brasil, é exigido que o agente financeiro seja credenciado pelo governo para que possa exercer suas funções. Isso significa que qualquer entidade que atue como agente de crédito ou financiador no país também deve estar credenciada. O registro deve ser feito no Sistema BNDES ou no FGTS como Agente Operador.

No que diz respeito aos deveres desses agentes, o agente financeiro pode assumir diferentes níveis de responsabilidade nas atividades em que participa. Por exemplo, pode ser autorizado a gerir a contabilidade de contas de uma empresa, registrando e realizando outras operações financeiras relacionadas ao pagamento de contas e outros gastos.

Agentes financeiros de intermediação

No Brasil, a maioria das empresas, especialmente as lojas, não possui capital ou sistema de crédito próprio para financiar seus produtos ou serviços. Por isso, costumam recorrer a bancos, empresas de crédito e outras instituições financeiras para oferecer financiamento ou crediário, possibilitando aos clientes a compra de produtos e serviços a prazo.

Sendo assim, o agente financeiro habilitado executa diversas atividades relacionadas às finanças, efetuando transações em benefício de seus clientes.

Exigências para ser um agente financeiro

No Brasil, para ser um agente financiador é preciso obter autorização do Banco Central do Brasil. Em casos específicos, é necessário seguir as regras de cadastro da instituição que o agente irá representar.

Para atuar como agente financeiro do FGTS, por exemplo, é necessário integrar o Sistema Financeiro da Habitação e cumprir as diretrizes estabelecidas pelo Conselho Curador do FGTS para cada programa de aplicação.

A página que trata do processo de credenciamento no sistema do BNDES lista requisitos importantes que as instituições devem atender, tais como:

  • Ser capaz de avaliar e acompanhar tecnicamente as operações, projetos e empresas que estejam de acordo com o mercado de atuação.
  • possuir um Patrimônio Líquido mínimo de doze milhões e quinhentos mil reais;
  • É necessário ter um tempo mínimo de 2 anos de existência, contado a partir das datas de autorização legal e regulatória.

Conclusão

Em resumo, os agentes financeiros são componentes fundamentais do mercado financeiro, responsáveis por realizar operações de crédito, financiamento e outras atividades financeiras. Eles podem ser empresas ou profissionais autônomos que atuam como intermediários entre os clientes e as instituições financeiras, garantindo o acesso a recursos financeiros e oferecendo modalidades de crédito e financiamento.

Para atuar como agente financeiro no Brasil, é necessário obter credenciamento junto ao governo e estar registrado em órgãos como o Sistema BNDES ou o Agente Operador do FGTS. Além disso, esses agentes possuem responsabilidades em relação à gestão financeira de seus clientes, como garantir a quitação de dívidas nos prazos acordados e emitir relatórios financeiros.

Em suma, os agentes financeiros desempenham um papel essencial no sistema financeiro, proporcionando às empresas e clientes pessoas físicas acesso a recursos financeiros importantes para a realização de investimentos e aquisições. São esses profissionais que possibilitam a concessão de crédito e a realização de operações financeiras, contribuindo para o desenvolvimento econômico do país.

VEJA MAIS RELACIONADO:

Flávio Coelho

Meu nome é Flávio Coelho e ensino através do site Finanças Guiada tudo relacionado a negócios, cartão de crédito e finanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *