Finanças

Comprovante de Pix falso: veja como evitar esse tipo de golpe!

O envio de comprovante de Pix falso é uma maneira que conseguir achar de fraudar pagamentos. Portanto, veja como não cair nesse tipo de golpe e também se o documento é v’erdadeiro.

Se utiliza bastante o Pix para pagamentos, mas criminosos que usam a internet para aplicar golpes encontraram maneiras de enganar utilizando comprovantes de Pix falsos.

Por exemplo, eles podem fazer uma compra, enviar um comprovante falso e fazer o beneficiário acreditar que o pagamento foi realizado. Portanto, caso não estiver atento, a pessoa pode acabar sofrendo prejuízos.

Para evitar cair nesse tipo de golpe, é importante saber como identificar se um comprovante de Pix é legítimo ou não. Sendo assim, se quiser aprender como fazer isso, continue lendo o texto.

Como funciona o golpe do comprovante de Pix falso?

O Pix assim como o Pix parcelado está se tornando cada vez mais popular devido à sua rapidez e gratuidade nas transações, o que chama a atenção de criminosos que inventam esquemas para enganar as pessoas em pagamentos.

Um desses golpes é enviar comprovantes de Pix falsos, como já falamos no começo do artigo. Isso leva muitos beneficiários a pensarem que receberam dinheiro quando, na realidade, estão sendo enganados.

Esse tipo de fraude causa grandes prejuízos para as vítimas, por isso, é crucial ficar sempre alerta em relação aos comprovantes, identificando possíveis erros e verificando se as transferências realmente aconteceram.

Como identificar um comprovante de Pix é falso?

Identificar um comprovante de Pix falso requer atenção aos detalhes minuciosos do documento, uma vez que podem ser manipulados de diversas maneiras.

Alguns dos elementos a serem observados incluem:

  • Sinais de Edição: Examine cuidadosamente o documento em busca de qualquer sinal de manipulação ou edição. Alterações suspeitas podem indicar um comprovante fraudulento;
  • Data e Horário da Transferência Pix: Como o Pix proporciona transferências instantâneas, é fundamental verificar a data e o horário da transação. ´Portanto, essas informações precisam ser consistentes com o momento da operação para confirmar a legitimidade do comprovante;
  • Extrato Bancário: Uma das estratégias mais eficazes para evitar fraudes é conferir o extrato bancário. Ou seja, a transferência Pix deve refletir imediatamente no extrato, confirmando se o dinheiro foi realmente creditado na conta do beneficiário.

Ao analisar o documento, certifique-se de que as informações apresentam nitidez. Se houver qualquer indício de falta de clareza, como letras borradas ou números distorcidos, é possível que o comprovante tenha passado por edições indevidas.

Outros sinais reveladores de adulteração incluem um logotipo da empresa desproporcional ou informações de qualidade inferior.

Sendo assim, ficar atento a esses detalhes é essencial para proteger-se contra golpes e garantir transações seguras no sistema Pix.

Tem como ter de volta o dinheiro perdido em um golpe de Pix?

Diante do crescente número de fraudes, o Banco Central tomou medidas no final de 2021 e introduziu uma ferramenta para recuperar dinheiro no Pix, especialmente em casos de grandes quantias provenientes de falhas ou fraudes no sistema.

Para acionar esse recurso, é fundamental entrar em contato rapidamente com a sua instituição financeira e relatar o golpe. No entanto, vale ressaltar que cada banco possui seus próprios procedimentos estabelecidos.

Dado que as soluções variam entre as instituições, é de extrema importância registrar um Boletim de Ocorrência para documentar o crime, o que facilitará a aprovação de reembolso no futuro.

Portanto, se você recebeu um comprovante de Pix falso e não obteve retorno do pagador, é aconselhável dirigir-se à delegacia ou realizar o Boletim de Ocorrência online.

Essa ação não apenas contribui para documentar o ocorrido, mas também simplifica o processo de reembolso, aumentando as chances de recuperação do dinheiro perdido.

Como evitar cair no golpe do comprovante do Pix falso

Evitar cair em golpes do Pix é crucial, e algumas precauções podem proteger suas finanças. Aqui estão algumas dicas para se resguardar:

  • Não divulgue seus dados por SMS ou e-mail: Evite fornecer informações pessoais em mensagens ou e-mails. Bancos legítimos não solicitarão dados sensíveis dessa maneira;
  • Não compartilhe senhas por nenhum canal: Mantenha suas senhas confidenciais e evite transmiti-las por qualquer meio, inclusive WhatsApp. Mesmo em situações de confiança, é importante não arriscar a segurança dos seus dados;
  • Verifique o Pix no extrato bancário: Confira se a transferência Pix de fato se creditou em sua conta, utilizando o extrato bancário como confirmação imediata da operação;
  • Ative as notificações do app bancário: Mantenha-se informado ativando as notificações do aplicativo do seu banco. Isso possibilita estar ciente de transações em tempo real, contribuindo para identificar atividades suspeitas.

Embora exista a possibilidade de reembolso em casos de golpes, prevenir é sempre a melhor abordagem.

Portanto, evite fornecer dados em mensagens ou e-mails que alegam ser do banco e não clique em links suspeitos. Em vez disso, entre em contato diretamente com a instituição para validar a mensagem.

Lembre-se de ser cauteloso com suas senhas, mesmo em interações confiáveis. O canal de comunicação, como o WhatsApp, pode ser vulnerável a acesso não autorizado.

Por outro lado, embora o Pix seja uma forma eficiente de pagamento, a precaução ainda continua sendo essencial.

Certifique-se sempre de verificar a logo do banco, o valor, a data e a hora da transferência, a nitidez dos dados e se o valor foi devidamente creditado em sua conta para confirmar a autenticidade do comprovante do Pix.

VEJA MAIS RELACIONADO:

Flávio Coelho

Meu nome é Flávio Coelho e ensino através do site Finanças Guiada tudo relacionado a negócios, cartão de crédito e finanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *