EconomiaFinançasNotícias

Pix na Argentina: Saiba como brasileiros poderão utilizar o sistema para pagar compras

A mais recente adição de recursos estará acessível a partir da segunda metade de 2023, conforme informado pela fintech responsável pelo desenvolvimento do projeto.

A Fiserv, uma fintech americana, está em processo de desenvolvimento de um projeto de digitalização de pagamentos na América Latina, visando possibilitar que os estabelecimentos comerciais na Argentina aceitem o Pix como forma de pagamento. Os brasileiros poderão usufruir dessa nova opção de pagamento ao realizar compras em alguns comércios argentinos.

Embora ainda não haja uma data precisa, estima-se que a solução esteja operacional durante o segundo semestre de 2023. A implementação desse recurso representa uma expansão significativa para o Pix, oferecendo maior conveniência aos consumidores brasileiros durante suas experiências de compra no exterior.

A Fiserv, empresa que já está presente no mercado brasileiro e possui experiência no processamento de pagamentos Pix desde o seu lançamento em 2020, enxerga a oportunidade de viabilizar o uso do Pix na Argentina como uma forma de aumentar a eficiência e reduzir os custos para os estabelecimentos comerciais.

De acordo com a fintech, essa nova opção de pagamento eletrônico oferece benefícios tanto para o comércio quanto para os consumidores. Para os comerciantes, aceitar o Pix como forma de pagamento adicional pode otimizar suas operações financeiras. Já para os consumidores, utilizar o Pix em compras na Argentina possibilita a administração de seus recursos durante a viagem sem a necessidade de realizar câmbio, por exemplo.

Como vai funcionar?

No comércio argentino, a realização de transações com Pix ocorrerá por meio de QR Code, seguindo o mesmo formato utilizado atualmente no Brasil. Essa funcionalidade será fornecida pela fintech aos estabelecimentos comerciais. O processo é simples: o cliente escaneia o QR Code contendo o valor da compra, é redirecionado para o aplicativo do seu banco brasileiro e efetua o pagamento utilizando o Pix.

O valor exibido para o cliente pagar será em pesos argentinos, porém o montante debitado da sua conta corresponderá ao equivalente em reais, considerando a taxa de câmbio no momento da compra e as taxas de IOF já incluídas no valor final.

Essa solução estará disponível para os clientes da Fiserv na Argentina, bem como para potenciais novos estabelecimentos que demonstrem interesse em adotá-la. A empresa não divulgou a quantidade de estabelecimentos ou as cidades atendidas na Argentina até o momento.

A seguir veja o que disse Jorge Valdivia, gerente geral da Fiserv aqui no Brasil:

Nosso objetivo é conectar todos os tipos e tamanhos de empresas com as mais diversas modalidades de pagamento, instituições financeiras e provedores, para facilitar a aceitação de múltiplas opções na hora de pagar e ajudar cada comércio no crescimento do seu negócio

VEJA MAIS RELACIONADO:

Flávio Coelho

Meu nome é Flávio Coelho e ensino através do site Finanças Guiada tudo relacionado a negócios, cartão de crédito e finanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *