Cartão de DébitoCartões

Cartão de Débito Internacional: O que é e Quais os Melhores

Utilizar um cartão de débito internacional pode ser uma alternativa segura para realizar compras e saques no exterior. Antes de planejar uma viagem internacional, seja para turismo ou para uma mudança permanente, é importante conhecer as formas de pagamento disponíveis e escolher a melhor opção para economizar.

O uso do cartão de débito internacional pode ser muito vantajoso para efetuar compras e pagamentos no exterior, evitando perdas financeiras com taxas e câmbio desfavoráveis.

Atualmente, existem diversas opções de cartões de débito internacional no mercado, por isso é importante comparar os serviços e taxas oferecidos para encontrar aquele que melhor atende às suas necessidades.

Pensando nisso, elaboramos uma lista com as melhores opções de cartão de débito internacional para utilizar em suas viagens. Confira!

O que é cartão de débito internacional e como funciona?

O cartão de débito internacional é um cartão que está vinculado a uma conta bancária e que pode ser utilizado tanto no Brasil quanto no exterior. Além de permitir o pagamento de despesas, também é possível utilizá-lo para fazer saques em caixas eletrônicos de bancos estrangeiros.

Ao utilizar esse meio de pagamento em um país estrangeiro, o valor da transação é debitado automaticamente da conta bancária. Entretanto, antes de utilizá-lo fora do Brasil, é necessário liberar o seu uso no exterior, o que pode ser feito através da internet, terminais de autoatendimento ou pela Central de Atendimento, e também informar as datas da viagem.

É crucial falar que os saques realizados fora do Brasil devem ser feitos em caixas eletrônicos que sejam compatíveis com a bandeira do cartão, como por exemplo, a rede Plus, que é aceita pela bandeira Visa, ou as redes Maestro e Cirrus, que são aceitas pela bandeira Mastercard.

Cartão de débito internacional veja os melhores

Os cartões convencionais não são desenvolvidos para serem utilizados em gastos no exterior e, consequentemente, acabam possuindo taxas elevadas para transações em moedas estrangeiras, como o dólar ou o euro. Além disso, há a incidência do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) de 6,38% em todas as compras realizadas no exterior com cartões emitidos no Brasil.

Por essa razão, encontrar um bom cartão de débito internacional pode ajudar a economizar em algumas taxas e evitar problemas durante as viagens. Por isso, confira as melhores opções disponíveis no mercado.

1. Nomad

A Nomad é uma instituição financeira digital que não cobra taxas de manutenção de conta e é regulamentada, permitindo que você realize operações de câmbio, receba transferências de dinheiro do exterior e faça compras internacionais. Além disso, eles fornecem um cartão de débito internacional sem taxas ou anuidade.

Com sede nos Estados Unidos, o cartão da Nomad pode ser usado para compras online ou em lojas físicas, em carteiras digitais ou para assinar serviços digitais.

A conversão de moeda é realizada em dólar comercial e a empresa cobra apenas 1,1% de IOF e uma taxa de serviço de 2%, o que pode resultar em economia de até 10% em compras internacionais.

2. C6 Bank

O C6 Bank é mais uma opção de banco digital que disponibiliza um cartão de débito internacional. Através da C6 Global, é possível realizar compras, saques e transferências internacionais com tarifas mais baixas.

O uso do cartão de débito é uma opção mais vantajosa em relação ao cartão de crédito internacional, já que o C6 Bank oferece câmbio instantâneo 24 horas pelo aplicativo e tarifas mais baixas. Além disso, o banco possui o serviço Wire Transfer para transferências e recebimentos de dinheiro de outros bancos internacionais.

Com um cartão Mastercard, o cliente pode solicitar quantos cartões adicionais necessitar e ainda realizar saques em moeda estrangeira em diversos caixas eletrônicos ao redor do mundo.

3. Wise

A Wise é uma conta digital bastante abrangente que possibilita o câmbio de mais de 50 moedas com taxas justas. Apesar da abertura da conta ser rápida, o envio do cartão de débito internacional pode levar mais de uma semana, entretanto, é possível utilizar os cartões virtuais enquanto aguarda.

Se você estiver viajando e não tiver saldo na moeda local, a conta da Wise permite localizar o saldo em outra moeda e realizar a conversão com a melhor cotação.

Os depósitos na conta da Wise são creditados em até 2 dias úteis e há disponibilidade de dois saques gratuitos por mês. O IOF cobrado é de apenas 1,1%.

4. Banco Inter

O Banco Inter ainda disponibiliza um aplicativo de conta digital eficiente, que oferece diversos serviços de um banco convencional, além de cashback em compras realizadas com débito ou crédito.

Adicionalmente à conta tradicional, o Banco Inter oferece a Global Account, uma conta internacional completamente digital que vem com um cartão de débito internacional sem cobrança de IOF e com uma taxa de câmbio de apenas 0,99%.

Essa conta permite que os usuários recebam pagamentos em dólares e transfiram dinheiro para outras contas nos Estados Unidos. Além disso, ela oferece uma taxa de câmbio comercial mais vantajosa do que a taxa turismo.

5. N26

A N26 é um banco digital sediado na Alemanha que disponibiliza aos seus clientes um cartão de débito internacional Mastercard sem cobrança de anuidade. Com sua conta básica, que não possui tarifas, é possível realizar até 3 saques gratuitos na Europa, sendo cobrada uma taxa caso esse limite seja ultrapassado.

Além disso, existem outras opções de contas que oferecem mais benefícios, mas implicam na cobrança de tarifas proporcionais. Outra vantagem desse banco é que não é necessário comprovar renda para se tornar um cliente e receber seu cartão.

6. BS2 GO

O BS2 oferece uma conta internacional em dólar denominada BS2GO, ideal para quem precisa abrir uma conta e receber seu cartão de débito internacional em poucos dias. Os depósitos realizados são creditados instantaneamente e não há cobrança de taxas para a abertura da conta.

O BS2GO fornece um cartão de débito internacional Mastercard com todas as vantagens e benefícios da bandeira, além de possuir conversão com base no dólar comercial, permitir o envio e recebimento de dólares, entre outros serviços disponíveis 24 horas por dia.

Os saques realizados com o cartão têm uma taxa de 5 dólares, além da tarifa dos caixas de autoatendimento, e contam com um IOF de 1,1% e um spread de 2%.

7. Visa Ourocard Internacional do BB

Os usuários do Banco do Brasil possuem diversas vantagens com o Visa Ourocard Internacional, como programas de pontos, descontos em produtos e renovação automática do cartão após o vencimento, entre outras.

Esse cartão múltiplo também funciona como um cartão de débito internacional, oferecendo acesso a programas de pontos, cartão virtual e mais, mas com tarifas altas para saques e limites mais baixos.

8. Cartão de débito internacional Itaú

O Itaú, outro banco tradicional, oferece cartões de crédito ou débito internacionais nas bandeiras Visa ou Mastercard, com programas de recompensas e benefícios para compras realizadas fora do Brasil.

Esses cartões também são aceitos em carteiras digitais como ApplePay, GooglePay e SamsungPay, além de participar de programas de pontos e cashback. No entanto, saques no exterior podem incorrer em altas tarifas e impostos, além de haver demora na entrega do cartão.

9. Cartão de débito internacional Bradesco Elo

O Bradesco possui um cartão de débito internacional com a bandeira Elo, aceito em mais de 200 países, oferecendo diversas vantagens aos seus clientes, como cartão adicional e saques emergenciais no Brasil com limite no cartão de crédito.

Contudo, esse cartão possui algumas desvantagens, como a cobrança de anuidade após o primeiro ano e a exigência de comprovação de renda para solicitação do cartão.

Tipos de cartão de banco internacional

Os bancos convencionais fornecem uma variedade de opções de pagamento para seus clientes. Para aqueles que planejam viajar e fazer compras em países estrangeiros, existem três tipos de cartões disponíveis: cartões pré-pagos, cartões de débito e cartões de crédito.

Embora cada um desses cartões possa apresentar vantagens únicas, nem sempre são a opção mais barata e conveniente para viagens internacionais. Abaixo, explicamos mais detalhadamente:

Cartão de débito internacional pré-pago

O cartão de débito internacional, também conhecido como “dinheiro de viagem” ou travel money, funciona de forma semelhante ao cartão de débito, mas com uma grande diferença: uma taxa de 6,38% de IOF é cobrada sobre as transações, mesma taxa cobrada pelos cartões de crédito internacionais quando usados para compras ou saques no exterior.

Cartão internacional com bancos tradicionais

Caso você já possua uma conta bancária, o uso do cartão de débito internacional da própria instituição pode ser uma alternativa prática. Bancos tradicionais, como Santander, Itaú, Bradesco e Banco do Brasil, disponibilizam essa opção para seus clientes.

No entanto, ao utilizar o cartão em outras moedas, os bancos costumam acrescentar uma margem à taxa de câmbio do dia da transação, além de cobrar taxas de manutenção e o IOF de 6,38%. Esse conjunto de tarifas torna esse método de pagamento pouco atrativo para aqueles que buscam mais economia em suas transações no exterior.

Cartão internacional com bancos tradicionais

Para quem deseja viajar para o exterior, o cartão de débito internacional emitido por provedores online, como Wise ou Nubank, é a opção mais vantajosa e econômica. Embora funcione de maneira semelhante ao cartão emitido pelos bancos tradicionais, o cartão de débito internacional das empresas fintech oferece muitas vantagens aos clientes.

Desde a solicitação do cartão, que pode ser feita de forma totalmente online através do site ou aplicativo do provedor, até a conversão das moedas com base na taxa de câmbio média do mercado, ou seja, o valor real do câmbio comercial, os benefícios são inúmeros. Além disso, normalmente não há cobrança de taxas de manutenção, e em alguns casos, o IOF é reduzido, tornando essa opção ainda mais atraente.

Como usar o cartão de débito internacional no exterior?

Como já mencionamos anteriormente, é importante verificar se o caixa eletrônico no exterior é compatível com a bandeira do seu cartão de débito internacional antes de usá-lo.

Além disso, é crucial que os estabelecimentos fora do Brasil, como restaurantes, hotéis ou qualquer outro lugar, aceitem a bandeira do seu cartão para que suas compras sejam aceitas.

Ao utilizar seu cartão no exterior, é importante prestar atenção às taxas aplicadas pelo seu banco nas operações de débito. Algumas tarifas obrigatórias, como o IOF e a taxa de câmbio, são cobradas, mas alguns bancos também cobram tarifas extras para a conversão.

Para economizar, a melhor opção é fazer saques na moeda local. Dessa forma, você evita cobranças extras do caixa eletrônico para converter a moeda, que em muitos casos pode ser até 13% mais caro do que retirar o dinheiro sem a conversão.

Quais são as taxas de transação cobradas ao usar o cartão de débito internacional

Conforme mencionado no tópico anterior, é importante estar atento às taxas aplicadas pelo banco ou provedor ao utilizar o cartão de débito internacional. Portanto, é importante conhecer as principais tarifas aplicadas nas transações com o cartão de débito:

Taxa de câmbio

Essa taxa é cobrada pela conversão da moeda durante saques e compras com cartão de débito no exterior. O valor dessa tarifa é calculado com base na taxa de câmbio do dia da transação, mas alguns bancos podem adicionar uma margem sobre esse valor.

Tarifa de saque

Alguns bancos e provedores de cartão de débito internacional cobram uma tarifa sobre os saques realizados em caixas eletrônicos no exterior. Além disso, a própria máquina de ATM que você utilizar também pode cobrar uma taxa sobre a transação.

IOF

O Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) é um tributo federal de 6,38% aplicado em todas as transações financeiras realizadas com cartão de débito no exterior. No entanto, ao usar cartões de provedores como a Wise, a taxa de IOF é reduzida para apenas 1,1%.

O cartão de débito internacional tem limitações?

Sim, os cartões de débito internacionais possuem algumas restrições que os clientes precisam estar cientes. Abaixo estão listadas as principais desvantagens que devem ser consideradas antes de utilizar esse meio de pagamento em viagens para fora do Brasil.

  • Em alguns casos, o cartão de débito internacional não é aceito como meio de pagamento em alguns serviços no exterior, como no aluguel de carros, por exemplo.
  • Além disso, ele pode não ser recomendado para pagamentos de depósitos de segurança e pode haver uma demora no processo de estorno do pagamento na conta bancária do titular.
  • Também é importante destacar que a compensação dos depósitos na conta pode não ser instantânea, variando de acordo com a moeda e o provedor utilizado.

Vantagens do cartão de débito internacional

Sem dúvida, o uso do cartão de débito internacional é uma opção interessante em relação aos cartões bancários para efetuar saques e compras em países estrangeiros. Isso ocorre porque eles oferecem várias vantagens aos seus clientes, veja algumas delas.

Controle dos gastos no exterior

Por meio do uso do cartão de débito, uma vez que o dinheiro é debitado diretamente da sua conta, não há o risco de ultrapassar o limite de compras, como pode acontecer com o cartão de crédito.

Cotação do câmbio atualizada

O valor das suas compras é debitado com base na cotação cambial atualizada no momento da transação. Assim, evita-se surpresas na hora de pagar a fatura.

Possibilidade de saques

Outra vantagem é a possibilidade de realizar saques diretamente da sua conta em qualquer caixa eletrônico ao redor do mundo. Dependendo do cartão de débito internacional utilizado, podem-se pagar apenas impostos, sem cobrança de taxas adicionais.

Segurança no transporte do dinheiro

Transportar um cartão de débito internacional é mais seguro, pois evita-se o risco de perder suas economias em caso de roubo. Em situações de furto, você pode bloquear imediatamente o cartão por meio do aplicativo do seu banco.

Conclusão:  Vale a pena usar esse cartão?

Com certeza, o cartão de débito internacional é altamente recomendado! Ele é a melhor escolha para aqueles que viajam frequentemente, fazem compras em lojas no exterior ou desejam ter maior controle sobre seus gastos enquanto estão fora do país.

No entanto, para aproveitar ao máximo as vantagens do cartão de débito internacional, é importante escolher cuidadosamente o provedor ou banco emissor. Como mencionado anteriormente, isso afeta diretamente as taxas cobradas nas transações feitas com o cartão.

Ao comparar diferentes cartões de débito internacionais, percebemos que o cartão Wise se destaca por oferecer as melhores condições aos seus clientes. Além de utilizar a taxa de câmbio real do mercado, não há cobrança de margem ou taxa de manutenção.

A Wise cobra apenas uma pequena taxa de conversão quando há transações em moedas diferentes e o IOF de 1,1% sobre as transações do cartão. Por esse motivo, o cartão de débito internacional da Wise é considerado a melhor opção para viajantes.

VEJA MAIS RELACIONADO:

Flávio Coelho

Meu nome é Flávio Coelho e ensino através do site Finanças Guiada tudo relacionado a negócios, cartão de crédito e finanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *